Após pesquisa mostrar empate com Zé Raimundo, coligação de Herzem quer os relatórios do levantamento

Entre os dias 24 e 29 de setembro, os pesquisadores entrevistaram por telefone 600 pessoas , das quais 526 foram na sede, em 57 bairros da cidade e 74 nos 11 distritos do município 2 de outubro de 2020 Sara Dutra

A coligação “O trabalho tem que continuar”, composta pelo MDB, DEM, PTB, Podemos, Republicanos, PSDB e PMB, que representa o prefeito de Vitória da Conquista e candidato a reeleição, Herzem Gusmão, divulgou uma nota, na noite desta quarta-feira (01/09), em que demonstra dúvidas sobre os procedimentos da pesquisa divulgada no mesmo dia  pelo jornal A Tarde/Potencial Pesquisa, que apresenta um empate técnico entre o atual gestor e o deputado estadual Zé Raimundo (PT).

De acordo com o levantamento realizado, o candidato petista com  34% das intenções de voto dos eleitores da cidade contra 29% do atual prefeito Herzem Gusmão (MDB). Como a margem de erro da pesquisa é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, tecnicamente, há ainda uma dúvida sobre quem está em primeiro lugar.  O vereador David Salomão (PRTB) fica atrás com 9%, Maris Stella (Rede) e Cabo Herling (PSL), ambos com 2%, além de Romilson Filho (PP) e Professor Ferdinand Martins (PSOL), com 1% cada.

A pesquisa também identificou que Herzem está entre os candidatos com maior índice de rejeição, com taxa de 48%,  ficando atrás apenas de Salomão, 51%. Enquanto Zé Raimundo apresenta a menor taxa de rejeição com 39%. A candidata da Rede, Maris Stella, tem a segunda menor rejeição, 40%, e  Romilson e Ferdinand ficam cada um com 42% e, por último, Cabo Herling com 46%.

Embora Herzem tenha um elevado índice de rejeição na comparação Zé Raimundo, o diretor da Potencial Pesquisa, Zeca Martins, não vê “uma facilidade ou caminho muito aberto” para o candidato petista no pleito de 2020.

Outro quesito apontado na pesquisa foi em relação ao comparecimento às urnas em época de pandemia, 84% dos entrevistados responderam que iriam até o local de votação, 14% responderam que não e apenas 2% responderam que não sabem ou não quiseram responder.

Entre os dias 24 e 29 de setembro, os pesquisadores entrevistaram por telefone 600 pessoas , das quais 526 foram na sede, em 57 bairros da cidade e 74 nos 11 distritos do município. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o nº BA-00046/2020.

A disputa entre Herzem e Zé Raimundo está acirrada mais uma vez. Em 2016, o atual prefeito foi eleito no segundo turno, em disputa contra o deputado estadual. Na ocasião, o emedebista obteve 57,58% dos votos válidos contra 42,42% do candidato do PT.

O deputado estadual avaliou o levantamento do jornal A TARDE/Potencial Pesquisa como uma referência para aparar as arestas na eleição. “É sempre importante quando um instituto, uma entidade distante e, sobretudo, no caso um órgão de comunicação, faz uma pesquisa, porque baliza todas as tendência dos eleitores e, evidente, coloca para os candidatos uma referência.”

Na nota, a coligação “O trabalho tem que continuar” disse que solicitou aos responsáveis pela pesquisa  uma cópia do relatório integral de pesquisa eleitoral sobre à eleição municipal de Conquista.  “A solicitação tem como objetivo coletar os dados para rigoroso exame dos procedimentos metodológicos empregados no levantamento, divulgado nesta quinta, 1º de outubro.” Além disso, pedem também “acesso aos mapas, planilhas ou equivalentes, com as perguntas que foram realizadas aos entrevistados”.

Fonte: A Tarde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *