Guia Eleições 2020: O que você precisa saber antes da votação

Confira dicas e cuidados que precisa saber antes do dia da votação que acontece amanhã 14 de novembro de 2020 Bruna Fentanes

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) disponibiliza em seu site oficial informações que o eleitor precisa saber, com antecedência, para o dia da votação municipal, neste domingo, 15 de novembro. A votação das 7h às 17h, com horário preferencial, não exclusivo, das 7h às 10h para maiores de 60 anos, seguindo o horário local de sua cidade. Saiba algumas informações úteis para exercer a cidadania por meio da plataforma da instituição. 

Como consultar o local de votação:

O eleitor deve acessar a aba “Local de votação” e conter em mãos número de CPF, título de eleitor ou nome completo, data de nascimento e nome da mãe.

Como verificar sua situação eleitoral:

Na “Situação Eleitoral” é possível conferir sua condição de regularidade perante a Justiça Eleitoral. Para realizar verificação, é necessário que o eleitor realize uma busca utilizando seu nome completo, número de título de eleitor ou CPF e data de nascimento.

Como e porque baixar o e-Título:

O e-Título é um aplicativo móvel, disponibilizado para download nas plataformas iOS e Android, que possibilita ao cidadão a obtenção da via do título de eleitor de forma digital. Para acessá-lo, é preciso o número de CPF, e assim terá acesso às informações de: zona eleitoral, situação cadastral, local de votação, certificado de quitação eleitoral e crimes eleitorais. Além disso, possibilita aos eleitores que se cadastrem como mesários voluntários.

Observação: Devido ao Covid-19 é recomendado que o cidadão baixe o aplicativo e apresente no local da votação, evitando entrar em contato direto com o mesário. Entretanto, para aqueles que não ainda não fizeram o cadastro biométrico, é necessário apresentar um documento oficial com foto sempre que for usar o título digital.

Como justificar o voto pelo e-Título:

Na aba “Tudo sobre justificativa”, o eleitor encontra informações referentes àqueles que estão fora de seu local eleitoral no dia do pleito e deverão justificar a ausência. A justificativa é feita, preferencialmente, por meio do aplicativo e-Título ou, extraordinariamente, pelo do formulário Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE).

Se caso, no dia das eleições, o eleitor não conseguir comparecer às urnas, é preferível apresentar a justificativa pelo e-Título. Para isso, é necessário que o cidadão confirme alguns dados pessoais e informe o número do título, seu nome completo e data de nascimento. O cidadão pode ainda apresentar a justificativa em até 60 (sessenta) dias após o primeiro e segundo turno.

Para que serve o aplicativo de denúncias Pardal:

Pardal é um aplicativo, criado pela Justiça Eleitoral, com o intuito de receber denúncias da população sobre irregularidades em campanhas eleitorais. Tem por objetivo facilitar o trabalho de apuração dos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) e do Ministério Público Eleitoral, os cidadãos atuam como fiscais da eleição no combate à corrupção.

O aplicativo está disponível para download nas lojas virtuais Apple Store e Google Play. Sua interface possibilita um guia de orientações sobre o que é proibido no dia das eleições, tais como, perfis falsos ou anônimos para veiculação de conteúdos de cunho político ou qualquer tipo de propaganda eleitoral em bens públicos, compra de votos e outros.

Quais as medidas sanitárias de prevenção à covid-19:

Na aba “Covid-19 | Voto com segurança”, o Tribunal Superior Eleitoral disponibiliza dicas e cuidados necessários que o cidadão deve ter para votar com segurança.

Primeiramente, o eleitor deve sair de casa com a máscara, já que é uso obrigatório em todas as seções, e levar a sua própria caneta, de modo a evitar contato com objetos do local. É importante ainda manter uma distância mínima de um metro entre as pessoas. Caso o cidadão apresente febre ou tenha tido covid-19 nos 14 dias anteriores à votação, é preciso ficar em casa. Outra orientação é não levar crianças e acompanhante. 

Existem também cuidados relacionados ao local de votação que podem ser observados abaixo:

Além disso, o TSE disponibilizou um passo a passo do voto:

As medidas sanitárias adotadas pelo TSE durante as eleições de 2020 foram definidas pelos profissionais de saúde dos Hospitais Sírio Libânes, Albert Einsten e da Fiocruz.

Fonte: TSE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *