Herzem é reeleito prefeito de Conquista neste domingo (29)

29 de novembro de 2020

Herzem Gusmão (MDB) foi reeleito, neste domingo (29/11),  para mais um mandato à frente da Prefeitura de Vitória da Conquista. Ele obteve 97.364,  54% dos votos,  contra 82.942, 46%,  de  Zé Raimundo (PT).  De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), compareceram às urnas 189.182 eleitores, já o número de votos nulos e brancos foi 8.876 e as abstenções  de 41.994. 

Nessa eleição de 2020, Herzem concorreu pela coligação “O Trabalho tem que continuar” com Sheila Lemos como vice-prefeita, cargo anteriormente ocupado por sua mãe, Irma Lemos. Zé Raimundo tinha como vice, Luciana Oliveira (PCdoB).

O candidato derrotado, Zé Raimundo, deu uma entrevista à imprensa ainda neste domingo.  Ele ressaltou que esta foi uma campanha atípica. “Não só por causa da pandemia que dificultou a mobilização a campanha tradicional do do PT de estar nas ruas, nas reuniões. Por outro lado, enfrentamos um adversário que tinha a máquina pública na mão e  utilizou de forma “muito violenta. Nós já fizemos denúncia na Justiça Eleitoral”. 

Já Herzem marcou entrevista para a imprensa nesta segunda-feira (30/11), 10h, Hotel Ibis, localizado na Avenida Juracy Magalhães. Ele estaráacompanhado da vice-prefeita eleita, Sheila Lemos.

História de vida

Nascido em 2 de Junho de 1948, em Conquista, Herzem Gusmão Pereira é um dos três filhos de Eunildo Gusmão Pereira e Zilda Gusmão Pereira. Casado com Luci Freire Gusmão, Herzem formou-se em Direito em Montes Claros no ano de 1985, mas optou por seguir a carreira de jornalista e foi na área de Comunicação e Jornalismo que ele buscou especialização na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb).

Sua carreira política teve início em 2008, quando disputou a eleição à Prefeitura pela primeira vez, mas perdeu para Guilherme Menezes (PT). Em 2010, disputou ao cargo de deputado estadual e, dois anos depois, voltou a concorrer ao executivo municipal. Perdeu nos dois pleitos. Só em 2014 conseguiu ser deputado estadual suplente e assumiu o mandato em março de 2015. No ano de 2016, venceu pelo PMDB a eleição à Prefeitura em segundo turno contra Zé Raimundo (PT), com o percentual de 57,58% dos votos.

De acordo com dados do TSE, ele declarou ter R$ 153.661,10 bens. Deste total, R$ 60.383,69 estão disponíveis em conta corrente, poupança e tesouro direto, e o restante diz respeito a um terreno (sem endereço) no valor de R$ 93.277,41.

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *