Fiocruz Brasília lança pesquisa sobre a cobertura jornalística da covid-19

A pesquisa quer mostrar o dia a dia dos jornalistas na pandemia 11 de dezembro de 2020 Sara Dutra

A Fiocruz Brasília iniciou neste mês de dezembro a pesquisa “O risco de quem comunica o risco: percepções de jornalistas brasileiros durante a pandemia de

covid-19”. A pesquisa busca compreender os desafios e possibilidades oferecidas pelo jornalismo nacional durante a crise sanitária e

como a covid-19 alterou o cotidiano dos profissionais da

comunicação.

Ela será dividida em duas fases. Na primeira, será feita a coleta de dados por um formulário disponível no site da Fiocruz Brasilia. As questões, na maioria, são objetivas e identificam o perfil do jornalista, sua saúde e rotina de trabalho durante a pandemia. O tempo investido para respondê-las é de cerca de 15 minutos.

A segunda fase contará com entrevistas online, se os profissionais tiverem interesse. O preenchimento do formulário não obriga a participação na segunda fase da pesquisa. Espera-se que com os resultados seja possível formular novas estratégias de cobertura jornalística em outras emergências sanitárias, de forma que o trabalho não comprometa a saúde dos comunicólogos.

A pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética da Fiocruz Brasília e está registrada sob o número 36016720.1.0000.8027. O pré-teste dos instrumentos para coleta de dados foi realizado em setembro.

Fonte: Fiocruz Brasília

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *