Produtor da TV Record é assassinado na porta de casa

Polícia investiga o caso e acredita na crime de execução 10 de abril de 2021 Sara Dutra

Na manhã da última sexta-feira (09/04), o produtor da TV Record, José Bonfim Pitangueiras, foi morto a tiros na rua de sua casa a caminho do trabalho. Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 8h no bairro da Federação, em Salvador.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o crime está sendo tratado como uma execução. O produtor sofreu 10 perfurações e não teve nenhum pertence roubado, o que fortalece ainda mais a hipótese.

Os vizinhos de José Bonfim informaram à polícia que pela manhã cedo havia um Palio branco parado próximo à casa do produtor, e quando ele saiu para trabalhar, foi surpreendido por dois homens encapuzados que atiraram pelas costas.

As armas usadas no crime eram de calibre 9mm, conforme as cápsulas coletadas pelos peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT). Até pouco tempo, esse tipo de arma era usada somente pela Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Exército Brasileiro, Centro de Operações Especiais (COE) da Polícia Civil e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar. Mas ainda de acordo com a SSP, com facilitação do acesso às armas pelo governo federal, esse tipo de arma tem sido frequentemente encontrada em ocorrências criminosas.

A SSP disse que o caso está sendo tratado com prioridade e equipes da Superintendência de Inteligência (SI) estão dando apoio à investigação. José Bonfim Pitangueiras deixou sua esposa e um filho de 10 anos. Seus colegas de trabalho e familiares lamentaram com muito pesar sua morte.

 

Fonte: Correios

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *