SBPC é a sexta voz mais influente no Twitter

O perfil do SBPC existe há 11 anos e tem 180 mil seguidores 17 de dezembro de 2020 Denilson Soares

Em um estudo publicado segunda-feira (14/12), que identifica os cientistas, especialistas e organizações científicas mais influentes ao tratar sobre a covid-19 no Twitter em 2020, a Sociedade Brasileira de Pesquisa e Ciência (SBPC) ficou em sexto lugar entre os perfis mais influentes. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (IBPAD), no relatório “Principais vozes da Ciência no Twitter: Mapeando a conversa de cientistas e especialistas sobre a covid-19 – Uma análise da rede de interações no Twitter”.

Por meio Science Pulse, ferramenta gratuita que serve para monitorar cientistas e publicações científicas nas redes, a pesquisa foi realizada na rede de interação e mapeou 1200 perfis da comunidade científica, totalizando mais de 200 mil publicações sobre a covid-19, no Twitter, entre junho a outubro de 2020. Foi levado em conta três categorias para avaliar essas redes, popularidade, autoridade e articulação, e os quesitos avaliados foram as interações na publicaçoes entre curtidas e retweets. A SBPC ganhou o sexto lugar em popularidade.

O perfil da SBPC no Twitter (@SBPCnet) foi criado em 2009 e já conta com mais de 180 mil seguidores. Por dia, são publicados seis tweets, com alcance médio de 2.500 usuários cada. Na página são publicados posicionamentos da entidade, conteúdos do Jornal da Ciência (publicação diária da SBPC) e chamadas para eventos. A entidade também utiliza a rede social para participar de mobilizações online, atividade que foi muito forte em 2020, como os Tuitaços em defesa de melhores políticas científicas e educacionais, da democracia, de direitos humanos e de ações para enfrentamento da crise sanitária provocada pela covid-19.

 

Fonte: SBPCNet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *