Menina de 10 passa bem no Recife e médico alerta para os riscos da exposição de informações sigiolosas

Além da exposição do nome nas redes sociais, os dados de residência em São Mateus também vieram à público 31 de agosto de 2020 Da Redação

O diretor do Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam), o médico Olímpio de Moraes Filho, disse nesta terça-feira (180/), que a criança de 10 anos, internada em Recife (PE) para aborto após ficar grávida após ser estuprada do tio, está bem e mais aliviada dos dias intensos que viveu.

De acordo com o médico, daqui pra frente, para a diminuição do sofrimento da menina, é preciso manter o sigilo da criança, que se encontra assustada. No momento, ela tem recebido apoio psicológico Cisam.

Além da exposição do nome nas redes sociais, os dados de residência em São Mateus também vieram à público. “Isso não pode ocorrer porque é um atentado à bioética e deve-se pensar no futuro dessa criança. Por conta da exposição, ela pode ficar marcada”, alertou o médico.

O tio da menina, acusado pelo crime foi preso, na madrugada desta terça-feira (18/08), na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A informação foi divulgada no Twitter pelo governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, que também informou que os detalhes da operação serão divulgados pela equipe de segurança.

Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A. Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *