12 maiores municípios da Bahia reabriram o comércio em meio à pandemia

Essas cidades estão com altos índices de casos confirmados da covid-19 e mortes pela doença 23 de junho de 2020 Felipe Ribeiro

Das 20 maiores cidades da Bahia, 12 delas já reabriram o seu comércio. Entre elas, estão Vitória da Conquista que já registrou 12 mortes e 490 casos da covid-19 e Itabuna que se encontra em primeiro lugar no ranking do interior com 1.741 casos e 59 óbitos.  Em todo o território baiano, até a última sexta-feira (20/06), já foram registrados 43.922 casos e 1.305 vidas perdidas.

As 12 cidades são as seguintes: Feira de Santana, Vitória da Conquista, Juazeiro, Ilhéus, Teixeira de Freitas, Jequié, Barreiras, Alagoinhas, Porto Seguro, Paulo Afonso, Eunápolis e Luís Eduardo Magalhães. Destas, a capital, Salvador, mais quatro municípios Lauro de Freitas, Simões Filho e Candeias, ainda não ensaiaram uma flexibilização maior e não retornaram com as atividades comerciais.

No dia 10 de junho, em seu perfil no Twitter, o secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, comentou matéria da Folha de S. Paulo que abordava a respeito da segunda onda de infecção pela covid-19 no interior de São Paulo.  “Se repetirmos, seremos nós amanhã após abertura, quando o interior terá segunda onda de infecção de covid-19”, disse o secretário.

Em Conquista, o comércio retomou as suas atividades em 1º de junho. O Ministério Público da Bahia recomendou à prefeitura do município que anulasse a retomada até que houvesse um cenário epidemiológico favorável a tal medida. Em nota, a prefeitura da cidade optou por não acatar a recomendação do MP afirmando que a decisão foi tomada com bases em orientações e recomendações da área da saúde.

Ilhéus também recebeu notificação do MP, porém, a reabertura do comércio não irá avançar para as próximas fases por conta de uma ação judicial a pedido do Ministério Público. Atualmente, lojas de artigos esportivos, para casa, tecidos, vestuário, acessórios e calçados, móveis e colchões, perfumaria e higiene pessoal, entre outros segmentos, estão com o funcionamento liberado. A cidade possui 1.034 casos da covid-19, com 48 mortes.

A prefeitura de Jequié, no dia 15 de junho, publicou o decreto Nº 20.532 em que suspende, até o próximo dia 22 de junho, o funcionamento de qualquer atividade econômica, incluindo ambulantes, que não se enquadrem como essenciais. Dessa forma, os serviços permitidos são farmácias, postos de combustíveis, supermercados, padarias, borracharias, bancos em geral, entre outros. Jequié possui 671 casos confirmados e 23 óbitos.

Já em Itabuna o juiz da 1ª Vara Criminal, Murilo Luiz Staut Barreto, suspendeu no dia 12 de junho, o toque de recolher determinado pelo prefeito de Itabuna, Fernando Gomes (MDB). Ele concedeu um habeas corpus coletivo a partir de uma ação movida por dois advogados. O prefeito optou por acatar a decisão.

Foto de capa: Prefeitura de Itabuna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *