Cloroquina, hidroxicloroquina, nitazoxanida e ivermectina não serão prescritos para pacientes com covid-19 na Bahia

A medida foi tomada devido ao acúmulo de evidências científicas que comprovam a ineficácia e os efeitos colaterais desses fármacos 1 de abril de 2021 Gabriela Oliveira

O Centro de Operações de Emergência em Saúde da Bahia (Coes) publicou portaria, na última terça-feira (30/03), em que recomenda que medicamentos sem eficácia científica comprovada não podem ser receitados para pacientes que testaram positivo para a covid-19.

Cloroquina, hidroxicloroquina, nitazoxanida e ivermectina não poderão mais ser indicados para pessoas internadas em unidades estaduais, ou locais que tenham contratos com a Secretaria Estadual de saúde.

Essa medida foi tomada devido ao acúmulo de evidências científicas que comprovam a ineficácia e os efeitos colaterais do uso desses fármacos em pacientes com a covid-19. A orientação deverá ser seguida por todas as unidades assistenciais de saúde da rede Sesab.

Fonte/Foto: GovBa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *