Governo estadual publica nesta quarta-feira (17) a lista das cidades incluídas no toque de recolher

Com a medida, das 22h às 5h, só serão permitidos o comércio essencial e a circulação de pessoas para resolver situações emergenciais, como idas a farmácias ou outros serviços de saúde 17 de fevereiro de 2021 Felipe Ribeiro

Foi publicada, nesta terça-feira (16/02) no Diário Oficial da Bahia a lista de cidades incluídas no toque de recolher, que passa a vigorar a partir desta sexta-feira (19/04) e terá duração de sete dias. Foram excluídas apenas as localidade das regiões de Irecê, Jacobina, de Alagoinhas e do oeste do estado.

Com a medida, das 22h às 5h, haverá permissão apenas para as atividades do comércio essencial e a circulação de pessoas para resolver situações emergenciais, como idas a farmácias ou outros serviços de saúde.

A decisão foi anunciada pelo governador, Rui Costa, na terça-feira (16/02) pelas redes sociais. “É uma medida que precisamos tomar para conter as taxas de contágios e o número de casos ativos que hoje ultrapassam 15 mil. É uma forma de conter o avanço desse número alarmante que, se continuar crescendo, irá levar ao total colapso do sistema de saúde”, disse.

O secretário de saúde do estado, Fábio Vilas-Boas, que testou positivo para a covid-19, também nesta última terça-feira, e está trabalhando de sua casa, salientou que o momento pandêmico no estado é grave. “Os dados indicam um risco real de colapso do sistema de saúde e consequente aumento na mortalidade. Nesse momento, apenas medidas de distanciamento social mais severas minimizarão as altas taxas de transmissão do vírus”, enfatizou.

Durante os sete dias de toque de recolher, só serão permitidas atividades comerciais essenciais e a Polícia Militar da Bahia, em conjunto com a Guarda Municipal, irá atuar para o cumprimento das determinações nas cidades.

Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *