Lacen/Ba identifica seis linhagens diferentes do coronavírus

As variantes identificadas não são as mesmas que já foram encontradas em outros locais do Brasil 4 de fevereiro de 2021 Gabriela Oliveira

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen/Ba), ao sequenciar 48 genomas do SARS-CoV-2 (covid-19), identificou a circulação de seis linhagens diferentes de coronavírus. Esse trabalho colocou a instituição como referência nacional no sequenciamento genético de amostras do estado e também do Sergipe, Alagoas, Piauí, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

De acordo com o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, essas variantes não são as mesmas que já foram identificadas em outros locais “nenhuma delas refere-se aos tipos encontrados em Manaus, África do Sul ou Reino Unido, que são cepas mais contagiosas. As análises contemplam amostras dos cinco últimos meses e demonstram que a vigilância estadual está ativa, possibilitando avaliar a dispersão do vírus no estado e investigar novas linhagens. Os seis diferentes tipos de coronavírus encontrados são subtipos do SARS-CoV-2 e não detectamos um risco aumentado para estas linhagens”.

A diretora geral do Lacen/Ba, Arabela Leal, destaca que foram analisadas amostras oriundas de diferentes regiões do estado, com pacientes que apresentavam sintomas similares. “Os 48 genomas sequenciados são provenientes de 25 municípios da Bahia, sendo que todos os pacientes tinham sintomas clínicos característicos, como dificuldade de respirar, cansaço, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou pneumonia, bem como eram casos suspeitos de reinfecção e óbitos”, esclareceu.

O Lacen realiza ainda novos sequenciamentos genéticos e amanhã (05/02), sairá o resultado de 32 novas amostras, sendo 11 de pacientes que estiveram em Manaus. Nos últimos anos, o laboratório recebeu o investimento de R$ 20 milhões do governo estadual.

Fonte: Sesab/Ba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *