Mortes entre jovens com covid-19 crescem 447% na Bahia

Com exceção de quem tem 80 ou mais anos, março de 2021 tem sido o mês mais letal para todas as faixas etárias. 30 de março de 2021 Mariana Costa

Mais de 331 mil jovens e adultos entre 20 e 39 anos contraíram a covid-19 na Bahia desde o início da pandemia. Ao analisar o número de óbitos mensais nesta faixa etária, identifica-se um aumento de 447% no comparativo de março deste ano com novembro de 2020.

Sozinha, a faixa etária de 30 a 39 anos teve um incremento de 553% no comparativo das mortes ocorridas em novembro de 2020 e março de 2021. Já os jovens entre 20 e 29 anos tiveram um aumento de 250% no mesmo período.

O secretário de saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, afirmou que em apenas quatro meses, o número de óbitos nesse grupo cresceu vertiginosamente. Para ele, os jovens são a base da pirâmide da força de trabalho e por conta disso estão naturalmente mais expostos à infecção, porém ao não utilizarem a máscara, se recusarem a manter o distanciamento social e não higienizarem as mãos com frequência, agravam a situação.

Nesta segunda-feira a Bahia ultrapassou o marco de 15 mil mortes, e o mês de março de 2021 é o mais letal para todas as faixas etárias, exceto para quem tem 80 anos ou mais. 

Com 1.412.664 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 309.629 receberam também a segunda dose, até as 15 horas desta segunda-feira, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. O quantitativo de doses aplicadas está disponível no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

 

Fonte: Gov/BA
Foto: Gov/BA

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *