Encontro Virtual discute a vulnerabilidade da população negra frente à pandemia

O diálogo trouxe ainda a importância da Declaração Universal dos Direitos Humanos 15 de dezembro de 2020 Denilson Soares

A Secretária da Saúde da Bahia (Sesab) promoveu no dia (11/12) um diálogo Virtual centrado na discussão sobre a vulnerabilidade da população negra durante a pandemia da covid-19. Esse tema tem sido uma discussão de diferentes movimentos sociais. 

Além da vulnerabilidade da população negra, o diálogo trouxe ainda a importância da Declaração Universal dos Direitos Humanos,  destacando a liberdade, igualdade em dignidade e direitos sociais que destoam da desigualdade vivenciada no Brasil. Essas foram questões pontuadas pelos facilitadores Andrea Beatriz Silva dos Santos (Sesab/Uefs); Edna Maria Araújo (Uefs) e Paulo Francisco de Souza (Coletivo Negro Minervino de Oliveira/ ACS).

Os mediadores do evento foram Andréa da Anunciação Gomes, Gestora de Processos Formativos da Escola de Saúde Pública da Bahia (Espba) e Ubiraci Matildes de Jesus, Coordenadora do Comitê Técnico Estadual de Saúde da População Negra. Com a presença na abertura da sessão, a  Diretora da Espba, Marilia Fontoura.

O diálogo virtual foi promovido pela Superintendência de Recursos Humanos da Saúde (Superh) por meio da Escola de Saúde Pública da Bahia (Espba), em parceria com a Diretoria de Gestão do Cuidado (DGC). Esse encontro virtual marcou a reabertura das sessões temáticas da Escola, que é um espaço de produção e disseminação de conhecimentos da Rede SUS-Ba. 

Fonte: Sesab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *