Entenda o porquê do novo coronavírus matar tantas pessoas

falta de sintomas, falta de costume do corpo para com o vírus e associação com comorbidades são algumas das razões para a alta taxa de mortalidade 3 de novembro de 2020 Felipe Ribeiro

O novo coronavírus já fez mais de um milhão de mortos em todo mundo e é preciso entender o porquê deste vírus ser tão nocivo aos seres humanos. A falta de sintomas, falta de costume do corpo para com o vírus e associação com comorbidades são algumas das razões para a alta taxa de mortalidade.

O coronavírus possui a capacidade de inativar as substâncias interferons, que atuam como um sinal de alerta que indica que o sistema imunológico foi atacado por um vírus. Por conta disso, temos a impressão de tudo está bem.

Outra questão é a facilidade e rapidez na transmissão. Diferente do coronavírus da Sars, em 2002, que tinha a fase de maior potencial transmissor dias após o paciente ficar doente, a covid-19 é passada antes disso ou até mesmo depois da morte.

Com o fato da covid-19 surgir de um novo vírus, o corpo humano ainda não está preparado para recebê-lo. Não é o mesmo caso da H1N1 que, em 2009, não apresentou uma alta mortalidade devido a proteção já existente nas pessoas idosas. Esse público tem uma produção menor de células que combatem os vírus, então, como a defesa imunológica se constrói após várias tentativas e erros do sistema imunológico, isso se torna um problema para os mais velhos.

A doença causada pelo novo coronavírus é pior caso a pessoa possua obesidade, algo que não costuma ocorrer com outros vírus. A gordura presente em alguns órgãos como o fígado é capaz de provocar um distúrbio metabólico que não combina bem com o novo vírus.

Foto: G1

Foto: Agência Brasil/Cemitério Vila Formosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *