Itabuna completa 110 anos em meio à recusa da Prefeitura em fechar o comércio na pandemia

Em vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito afirmou que, desde a reabertura do comércio, não houve aumento do número de casos da covid-19 na cidade 28 de julho de 2020 Karina Costa

Nesta terça-feira (28/07), data em que a cidade de Itabuna completa 110 anos de emancipação política, a Prefeitura e a Justiça estão em conflito sobre o funcionamento do comércio não essencial durante a pandemia da covid-19.⁣⁣ A pedido do Ministério Público da Bahia, o juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública de Itabuna, Ulysses Maynard, determinou a suspensão das atividades comerciais não essenciais a partir desta terça (28/07). No entanto, o prefeito Fernando Gomes, que é contrário à decisão, disse que a Procuradoria Geral do município irá recorrer da determinação. ⁣⁣⁣

Em vídeo publicado nas redes sociais, o prefeito afirmou que, desde a reabertura do comércio, no dia 9 de julho, não houve aumento do número de casos da covid-19 na cidade. Ele também destacou que há número suficiente de leitos de UTI em Itabuna. “Passaremos a ter 28 leitos de UTI no Hospital de Base. Então, nós vamos recorrer da decisão do juiz porque como vamos manter o comércio fechado? Vai matar o povo de fome, deixar todos desempregados? Foram quatro meses parados”, disse Fernando Gomes.⁣⁣⁣

Porém, no dia 8 de julho, um dia antes da reabertura do comércio, havia 3.193 casos confirmados da covid-19 e 79 mortes na cidade. E nesta segunda-feira (27/07), já são 5.004 pessoas infectadas e 109 óbitos. Esses dados são da própria Prefeitura. ⁣⁣

Até a publicação desta matéria, nenhum decreto sobre o funcionamento do comércio havia sido publicado pelo prefeito. Mas no site oficial, a Assessoria de Comunicação informou que a equipe do Departamento de Indústria e Comércio está nas ruas fiscalizando as lojas para garantir o cumprimento da decisão judicial.⁣⁣⁣

Segundo o último Boletim Epidemiológico, divulgado pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), nesta segunda-feira (27/07), Itabuna registra 5.021 casos confirmados da covid-19 e 112 mortes. De acordo com dados da Prefeitura, também do dia 27 de julho, 62% dos leitos de UTI estão ocupados por pacientes de Itabuna e 38% por pessoas de outros municípios.⁣

Foto: Reprodução/Internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *