Ministério Público orienta a suspensão da reabertura do comércio em Conquista

Entre os dias 1º e 10 de junho, o número de casos confirmados da covid-19 em Conquista passou de 159 para 313 16 de junho de 2020 Janaína Borges

O Ministério Público divulgou, nesta segunda-feira (15/06), que encaminhou no dia 10 de junho à Prefeitura de Vitória da Conquista a recomendação para anulação da reabertura do comércio não essencial no município em meio à pandemia da covid-19.

No documento, o MP diz que o comércio não essencial deveria ficar fechado até que haja um cenário epidemiológico positivo, e isso não teria acontecido até o momento segundo os próprios boletins sobre a doença divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com a promotora de Justiça, Guiomar Miranda Melo, desde o início da reabertura do comércio, realizado no dia 1º até 10 de junho, Conquista registrou um aumento de 154 casos confirmados da covid-19, passando de 159 para 313, um crescimento de 96%. A promotora destacou ainda que o protocolo de reabertura elaborado pelo Comitê Gestor de Crise do município prevê o declínio das medidas de flexibilização adotadas caso houvesse um crescimento de casos confirmados superior a 20%.

Segundo dados retirados da calculadora de pressão hospitalar da Organização Mundial de Saúde (OMS), a estimativa é que o pico da contaminação pelo novo coronavírus na região sudoeste da Bahia aconteça em 21 de julho.

No Boletim Epidemiológico desta segunda-feira (15/06), Conquista registra 369 casos confirmados e seis mortes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *