Neojiba realiza recital de encerramento das atividades de 2020 em Conquista

Esse recital já aconteceu em várias outras cidades em que o núcleo funciona 11 de dezembro de 2020 Denilson Soares

Os Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba), programa patrocinado pelo governo da Bahia, encerra as atividades de 2020 do núcleo de Vitória da Conquista, neste domingo (13/12), às 16h, com um recital, no formato virtual. As apresentações das atividades musicais começaram no dia 22 de novembro por diversas cidades do estado.

O recital contará com as apresentações das Orquestras Infantojuvenil e do Coral Infantojuvenil, ambos são principais formações musicais do núcleo. Também irão se apresentar integrantes das turmas de cordas, percussão e madeiras.

O evento irá exibir ainda alguns dos melhores vídeos musicais produzidos pelos integrantes e instrutores ao longo deste ano, que foi marcado pela reinvenção das atividades do Neojiba. Aulas, apresentações públicas, entre outras ações do programa, saíram do presencial e migraram para as plataformas virtuais, em respeito às medidas sanitárias contra a disseminação da covid-19.

Para continuar respeitando as medidas sanitárias contra a disseminação da covid-19, o recital em Conquista, como nas outras cidades, será transmitido, ao vivo, pela página do Neojiba no Facebook. O evento é realizado pelo Instituto de Desenvolvimento Social pela Música (IDSM) e pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS).

História do Neojiba

Criado em 2007, o Neojiba promove o desenvolvimento e integração social de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e da prática musical coletivos.

O programa é mantido pelo governo da Bahia e está vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e é gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Social Pela Música (IDSM). Em 13 anos de atuação, o Neojiba beneficiou, direta e indiretamente, mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens entre 6 e 29 anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *