Número de jovens com covid-19 triplicou em cinco meses, aponta estudo da OMS

Entre 24 de fevereiro e 12 de julho, a taxa de jovens infectados pelo novo coronavírus cresceu de 4.5% para 15% e a proporção de crianças diagnosticadas com a doença também aumentou 6 de agosto de 2020 Karina Costa

O número de jovens infectados pelo novo coronavírus, com idade entre 15 e 24 anos, triplicou em cinco meses. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), no período de 24 de fevereiro a 12 de julho, a taxa de jovens diagnosticados com a covid-19 cresceu de 4.5% para 15%.⁣

A pesquisa, divulgada na terça-feira (04/08), analisou seis milhões de infecções registradas no mundo. Os jovens estão mais propensos a deixar o isolamento social para frequentar bares, praias e festas. Durante uma coletiva de imprensa, o diretor geral da OMS, Tedros Adhanom, alertou: “já dissemos isso antes e repetimos. Os jovens não são invencíveis.”⁣

A proporção de crianças infectadas, entre cinco e 14 anos, também aumentou. Segundo o estudo da OMS, a taxa foi de 0.8% para cerca de 4.6%. A entidade destacou que o retorno das aulas presenciais pode contribuir para o crescimento de casos da covid-19.⁣

Em Vitória da Conquista, o último boletim da Prefeitura que apresenta o perfil dos infectados no município, divulgado no dia 1° de agosto, mostrou que os mais afetados pela doença são as pessoas entre 20 e 39 anos. Até 31 de julho, quando o número de casos confirmados na cidade era 2.515, 161 eram pacientes com idade entre seis e 19 anos.⁣

⁣Fonte: Estadão/PMVC⁣

Foto de capa: Pixabay

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *