Previsão de mais chuvas nos próximos dias em Conquista

As chuvas devem se estender de novembro deste ano até fevereiro de 2021, sendo o pico em dezembro e janeiro 27 de outubro de 2020 Isabella Carvalho

Em Vitória da Conquista, somente nas últimas 48 horas, choveu um volume esperado para o mês inteiro: 75,0 mm, e total até o momento de 93,0 mm. A média esperada para outubro era de 56,5 mm, conforme os registros da Estação Meteorológica da Uesb. 

De acordo com o climatologista Rosalve Lucas, que atua na Estação Meteorológica, as últimas chuvas que caíram na cidade fazem parte da formação de uma zona de baixa pressão formada no oceano Atlântico e que se estendeu numa grande faixa, que cobriu parte da região Nordeste do Brasil. Em especial, a parte sul do estado da Bahia e tem provocado chuvas abundantes, carregadas de raios e trovões.

Essas chuvas, apesar da intensidade, são relativamente normais para o período chuvoso, que começam nos dias finais de outubro e se estendem até fevereiro. “Nos anos normais – sem a interferência de eventos extremos, como El Niño e La Niña – estávamos sempre sob influência desses fenômenos. Os meses sem chuvas ocorriam com frequência e nos deixou a impressão dessa ‘normalidade’”, afirmou o climatologista.

Conforme as análise climáticas, com base nas estatísticas de anos anteriores, tudo indica a volta dos grande volumes de chuvas na cidade, com presença de raios e trovões. Essa condição deve se estender de novembro deste ano a fevereiro de 2021, sendo o pico em dezembro e janeiro.

De acordo a Prefeitura de Conquista, as equipes da Defesa Civil estão em prontidão 24 horas para atendimento da população.  Até o momento, foram registrados cinco chamados em todo o município. A maioria deles, por causa de alagamentos e rachaduras nos imóveis. Em caso de emergência por causa da chuva, ligue para o 199.

Imagem: Pixabay

Uma resposta para “Previsão de mais chuvas nos próximos dias em Conquista”

  1. Marcelo Brito Cardoso disse:

    Oi Isabella, curti muito a sua matéria, bem objetiva e clara. Assim que a imprensa deve se posicionar!
    Tomara que a previsão seja concretizada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *