No Dia do Jornalista, 7 de abril, uma data de luta e comemoração

Diretora da Seccional Sudoeste do Sindijorba destaca a importância dos jornalistas, a violência contra a imprensa em 2020 e as atividades da entidade na Bahia 7 de abril de 2021 Edna Nolasco

Diante do cenário pandêmico nacional e internacional, não há muitos motivos para comemorações, mas há muitos méritos a serem registrados: resistimos, fomos essenciais, fizemos o nosso possível para o mundo onde vivemos ser justo e democrático.

Para cumprir as nossas pautas, e alcançar nossas metas e ideais, inúmeros desafios foram superados pela maioria dos jornalistas. Alguns de nós ficaram para trás, impedidos de continuar. São eles 169 profissionais que tiveram a vida ceifada pela covid 19, tornando o Brasil o país com maior número de jornalistas mortos pelo corona vírus no mundo.

Outros 428 se foram pelos ataques sofridos pelos mais diversos segmentos da sociedade, desde o mais alto escalão político, judiciário, religioso até o mais simples cidadão. Foi um ano de duros golpes contra os profissionais da imprensa. Inúmeras as tentativas de descredibilizar a nossa atividade profissional e impor esse descrédito aos profissionais que estão, principalmente, nas editorias relacionadas á saúde.

Apesar do aumento dos ataques, da propagação de fake news, do avassalador vírus da ignorância, esta considerada a maior arma de ataque contra os jornalistas, aqui chegamos com a certeza, cada vez maior, do quanto somos essenciais, grandes parceiros da ciência e da liberdade de expressão, pilar de uma sociedade democrática. Por isso, parabenizamos a categoria pelo trabalho prestado à sociedade, pela responsabilidade de produzir informações sobre a pandemia em meio a tanta adversidade, e por continuar a exercer bravamente a atividade diária manter a população informada, mesmo correndo riscos que a profissão impõe a todos.

Nesta quarta-feira (07/04), Dia do Jornalista, representantes de oito organizações ligadas às liberdades de imprensa e de expressão vão entregar aos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), uma carta aberta pedindo o compromisso dos líderes do Congresso Nacional com a liberdade de imprensa e com a segurança de jornalistas e comunicadores do país. A audiência com os presidentes das duas casas legislativas será realizada às 15 horas, em modo virtual.

A carta é assinada pela Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Artigo 19, Conectas Direitos Humanos, Intervozes, Instituto Vladimir Herzog, Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ) e Repórteres sem Fronteiras (RSF). Nela, as entidades apresentam recomendações para o Congresso Nacional atuar de forma a manter o Brasil como um ambiente seguro para a imprensa, garantindo mecanismos de transparência e acesso à informação.

A Fenaj será representada na audiência por sua presidenta, Maria José Braga, que destaca a importância da atuação do Congresso Nacional para a garantia das liberdades de expressão e de imprensa, principalmente na análise de projetos de lei em tramitação.

O Dia do Jornalista também será lembrado com a “Vigília pela vida e pela liberdade”, que igualmente lembrará o Dia Mundial da Saúde. O protesto virtual contra os ataques à vida, à democracia e, em especial, à liberdade de imprensa terá a participação de artistas, jornalistas, juristas, sociólogos, filósofos, psicólogos, economistas e representantes de movimentos populares e sindicais.

O Dia do Jornalista também será marcado por ações dos Sindicatos de Jornalistas da Bahia (Sinjorba). Foram organizadas diversas atividades durante o mês de abril,  sendo nesta quarta-feira uma Live com o nosso presidente Moacy Neves e o jornalista José Raimundo com o tema “As mudanças no mundo do trabalho e desafios do jornalismo”.

As confluências entre literatura e jornalismo serão debatidas durante o I Simpósio Baiano de Jornalismo e Literatura, evento promovido por meio de uma parceria entre a Academia de Letras da Bahia (ALB) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI). A abertura do Simpósio acontece no mesmo dia em que é celebrado o Dia do Jornalista, data instituída em homenagem ao médico, político e jornalista italiano radicado no Brasil, Libero Badaró. O evento será online e transmitido pelo canal do YouTube da ALB, nos dias 7, 8 e 9 de abril, das 18h às 20h.

“O Simpósio inaugura um esforço de aproximação entre duas entidades historicamente comprometidas com a promoção de cultura e da liberdade, e propõe reflexões importantes sobre os reflexos da conjuntura na vida de quem escreve, seja a escrita jornalística ou literária”, destaca o jornalista Ernesto Marques, presidente da ABI. No dia 7, ao lado do professor, antropólogo e atual presidente da Academia de Letras da Bahia, Ordep Serra, ele realizará a abertura do evento.

Sindijorba
No dia 7 de abril comemora-se o Dia do Jornalista. No dia 14 é a data de criação da Associação dos Jornalistas da Bahia, organização que depois se transformou em Sinjorba. E dia 17, acontece o aniversário de 70 anos de concessão da Carta Sindical da entidade pelo Ministério do Trabalho. Ou seja, temos um mês marcado por momentos importantes da organização dos jornalistas baianos.

Para marcar o período, a diretoria do Sinjorba preparou uma série de atividades de debate e formação. A primeira já acontece nesta quarta (07), um bate-papo com o premiado jornalista José Raimundo, ex-repórter da TV Bahia e especial da Rede Globo, com uma carreira respeitada, marcada pela ética e compromisso profissional.

No dia 19 de abril acontece um bate-papo com ex-presidentes do Sindicato para fazermos um resgate dos últimos 40 anos da entidade, uma troca de experiências e vivências importante para debatermos o futuro do Sinjorba e de nossa organização coletiva. Convidamos para o evento seis ex-presidentes da entidade: Carlos Navarro, Raimundo Lima, Alberto Freitas, Heloisa Sampaio, Kardé Mourão e Marjorie Moura.

Em outra frente, organizamos dois eventos de formação e capacitação profissional. Um curso com o professor Yuri Almeida, dias 13 e 15 de abril, com o tema Assessoria de Comunicação na Era das Redes Sociais, para o qual já temos 30 inscritos. Já no dia 24 de abril a pauta é sobre o banco de dados e pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cujas inscrições serão abertas esta semana, com dicas e caminhos mais interessantes para acessar essas informações no portal do órgão na internet.

Calendário
• 07 de abril, 20h (no Instagram/Youtube) – Bate papo: “As Mudanças no Mundo do Trabalho e os Desafios do Jornalismo”, com José Raimundo;
• 13 e 15 de abril, 19h30 às 21h (no Zoom) – Curso: “Assessoria de Comunicação na Era das Redes Sociais”, com Yuri Almeida;
• 19 de abril, 19h30 (no Youtube) – Roda de conversa: “Sinjorba, 70 anos, Experiências e Vivências”, com seis ex-presidentes da entidade;
• 24 de abril, 9h às 12h30 (no Webex, acesso por navegador de internet) – Curso: “O IBGE e Suas Principais Pesquisas/ Fontes de Dados Estatísticos”, com Gabriel Ferreira (Supervisão de Disseminação de Informações do Instituto).

Finalizando , ressalto que o Sinjorba é o nosso ponto de apoio, o porto seguro, formado pelo esforço de todos nós , portanto temos que caminhar lado a lado para que a cada dia possamos fortalecer a nossa entidade com ações que somam , formando ecos para os quatro cantos do mundo de quem somos e o que fazemos em prol do mundo onde vivemos.

Foto: Reprodução

Diretora da Seccional Sudoeste do Sinjorba. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *