MAPA COVID-19 | Vitória da Conquista e Bahia

Acompanhe a evolução dos casos de coronavírus a partir da atualização diária do surgimento de novas vítimas 30 de abril de 2020 Kourosh Naghibi

O novo coronavírus, surgido na cidade chinesa de Wuhan no final de 2019, tem tido um crescimento cada vez mais acelerado em diversas partes do mundo. No Brasil, o primeiro caso foi confirmado em 26 de fevereiro, em São Paulo.

Bahia

Na Bahia, um dos primeiros estados a registrar casos, a primeira confirmação ocorreu em 6 de março, na cidade de Feira de Santana. A vítima era uma mulher de 34 anos, que havia retornado da Itália em 25 de fevereiro. Dali em diante, o número de casos tem crescido e registrou-se o primeiro óbito em 29 de março. Salvador tem liderado o número de confirmações no estado com mais de 2.000 casos, seguida vem Ilhéus com mais de 200 casos e Itabuna com 225 casos. Ao todo já são mais de 150 municípios na Bahia com ocorrência registrada do novo coronavírus.

Obs 1: No mapa acima constam apenas os números divulgados pela Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab) confirmados laboratorialmente e confirmados como clínico epidemiológico (apresenta os sintomas mas aguarda confirmação laboratorial). Os dados das prefeituras podem divergir dos dados apresentados pelo estado porque, para assegurar o resultado, a totalização dos casos passa por duas etapas: uma confirmação e uma contraprova.

Obs 2:

– 16 casos foram provenientes de outros estados mas notificados em cidades da Bahia.

Bom Jesus da Lapa, Cristópolis, Inhambuque, Saubara e Saúde possuem um caso confirmado mas com Local Provável de Infecção (LPI) em Salvador.

Cruz das Almas possui um caso confirmado mas com Local Provável de Infecção (LPI) no Rio de Janeiro.

Quanto aos óbitos registrados no estado, até o momento a idade que prevalece tem sido entre os 50 aos 89 anos. Quatro óbitos foram registrados por pacientes abaixo dos 40 anos. Um homem, que é o paciente mais novo a vir a óbito, com 26 anos, faleceu no dia 7 de abril e tinha problemas de saúde de hipertensão e obesidade. E uma mulher de 28 anos no dia 1º de abril em Itapetinga. A paciente voltava de Trancoso e tinha acabado de dar a luz quando após alguns dias sentiu os sintomas do coronavírus, sendo internada e falecendo pouco tempo depois. A paciente também possuía como doença crônica a asma brônquica.

*Catu registra um óbito com local de provável infecção sendo Salvador.

**Um dos óbitos registrados na cidade é de um paciente residente no Rio de Janeiro mas notificado e internado em hospital particular de Lauro de Freitas.

Como ações preventivas o governador da Bahia, Rui Costa (PT), decretou ao longo do mês de março, uma série de medidas que proíbem desde aulas em escolas públicas e privadas até a interdição de praias em Salvador. Os casos continuam a aumentar diariamente, seguidamente do registro de óbitos em pacientes com o novo coronavírus. Um dado positivo que tem sido divulgado pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), é o número de pacientes recuperados da doença que chegou a mais de 500.

Vitória da Conquista

Em Vitória da Conquista, a situação gerou polêmica ao longo do mês de março em decorrência do surgimento de diversos casos em cidades vizinhas e nenhum na cidade. Em reportagem do Avoador, a questão da falta de testes para a covid-19 no município foi levantada. O secretário de Saúde, Alexsandro Costa, em live, admitiu a existência de  subnotificação de casos.

Em 31 de março, a Prefeitura de Conquista confirmou o primeiro caso do novo coronavírus na cidade. O paciente é um jovem de 27 anos que já estava em monitoramento pela Vigilância Epidemiológica e que possuía sintomas de quadro gripal leve. Ao longo dos dias seguintes, novos casos foram sendo confirmados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) e por laboratórios privados no município. O primeiro óbito foi registrado no dia 13 de abril, a vítima era um homem de 69 anos, internado no Hospital São Vicente desde o dia 31 de março.

Esta publicação está em constante atualização com os gráficos e dados sobre o coronavírus em Vitória da Conquista e na Bahia.

Uma resposta para “MAPA COVID-19 | Vitória da Conquista e Bahia”

  1. Lucia disse:

    Acho estranho Conquista só ter 31 casos. Mas melhor assim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *