Mais 33 cidades baianas passam a ter toque de recolher

A medida, que visa frear a disseminação do contágio da covid-19, tem dois horários diferentes para as cidades selecionadas 4 de agosto de 2020 Felipe Ribeiro

Na última segunda-feira (03/08), o governo do Estado determinou por meio do decreto nº 19.892 o toque de recolher em mais 33 municípios baianos. A medida proíbe a permanência e o trânsito de indivíduos em equipamentos, vias, locais e praças públicas.

O toque de recolher é uma medida tomada a fim de diminuir a contaminação pelo novo coronavírus em locais com aumento da disseminação do contágio da covid-19. Poderão funcionar apenas serviços que garantam o funcionamento de indústrias e centros de distribuição e o deslocamento dos trabalhadores desses setores.

A medida restritiva é das 18h às 5h e valerá até o dia 11 de agosto para as cidades de Alagoinhas, Almadina, Barreiras, Castro Alves, Ibirataia, Itaberaba (foto de capa), Jaguarari, Jitaúna, Salinas da Margarida, Tucano, Uauá e Várzea da Roça.

O outro horário estabelecido tem início um pouco mais tarde. Começa das 20h e segue até às 5h e se destina aos seguintes municípios: América Dourada, Barra do Mendes, Barro Alto, Bonito, Cafarnaum, Canarana, Central, Gentio do Ouro, Ibipeba, Ibititá, Irecê, Itaguaçu da Bahia, João Dourado, Jussara, Lapão, Morro do Chapéu, Mulungu do Morro, Presidente Dutra, São Gabriel, Tapiramutá e Uibaí.

Foto de capa: Prefeitura de Itaberaba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *