Mais de 700 mil trabalhadores não realizaram o saque do PIS/Pasep 2020-2021

Os beneficiários do abono salarial só poderão realizar o saque até o dia 30 de junho, após isso, somente no início do próximo calendário 10 de junho de 2021 Sara Dutra

De acordo com a Caixa Econômica Federal, mais de 700 mil brasileiros não sacaram o abono salarial PIS-Pasep 2020-2021, um total de cerca de R$440 milhões em benefícios. Os trabalhadores que têm direito ao benefício só terão até dia 30 de junho para realizar o saque.

O pagamento do benefício teve início em 30 de junho de 2020, mas, até o começo do mês de junho de 2021, mais de 560 mil trabalhadores não tinham sacado o PIS, no valor de quase R$328 milhões. Quanto ao Pasep, 200 mil pessoas não fizeram o saque, quantia equivalente a R$ 120 milhões. Os trabalhadores que não realizarem o saque até 30 de junho só poderão sacar no início do próximo calendário previsto para janeiro de 2022. Os valores ficam disponíveis por no máximo cinco anos.

Só tem direito ao benefício, as pessoas que estão cadastradas no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; receberam salário de até dois salários mínimos com carteira assinada em 2019; exerceram atividade remunerada para pessoa jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, em 2019 e têm os dados informados pelo empregador (pessoa jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais e no eSocial.

O valor do abono pode chegar até um salário mínimo e corresponde ao tempo de serviço do trabalhador em 2019. O cálculo é feito através da multiplicação do número de meses trabalhados por 1/12 do valor do salário mínimo, R$1.100,00.

Para sacar o PIS, o trabalhador que possuir o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode ir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou em alguma casa lotérica. Caso não tenha o cartão, pode ir em uma agência do banco com documento de identificação. O pagamento pode ser feito também pela conta Poupança Social Digital ou pelo aplicativo Caixa Tem.

Já para os servidores públicos beneficiários do Pasep e que possuem conta corrente no Banco do Brasil, o pagamento foi feito de forma automática. Para outros beneficiários do Pasep, os pagamentos poderão ser realizados via TED, sem custo, nas agências ou no site do Banco do Brasil.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *