Trabalhadores de agências funerárias e idosos de 84 a 86 anos recebem 1ª dose de vacina em Conquista

As duas categorias de vacinados receberam a primeira dose do imunizante da AstraZenica 2 de março de 2021 Gabriela Souza

Começou, na segunda-feira, 1º de março, a primeira etapa de imunização dos idosos entre 84 e 86 anos contra a covid-19 juntamente com os trabalhadores das agências funerárias de Vitória da Conquista.

A estratégia de vacinação dos idosos irá até o dia 3 de março (03/03), das 9h às 16h. Aqueles que tiverem na faixa etária da imunização têm cinco pontos para obter a vacina: Paróquia Rainha da Paz, Salão Paroquial da Santa Luzia (Urbis V), quadra esportiva da Fainor, Escola Municipal Professora Fidelcina Carvalho Santos (Urbis VI) e na Universidade Federal da Bahia (UFBA) na modalidade drive-thru.

Para receber a vacina, o idoso precisa apresentar algum documento de identificação com foto. Nesse momento de vacinação, estão sendo disponibilizadas 1.400 doses do imunizante da AstraZeneca (Oxford/Fiocruz), esse valor faz parte do lote de 3.040 doses que foi recebido na última quinta-feira (25/02).

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde, Ana Maria Ferraz, existe uma divisão de doses para cada grupo a partir da orientação do governo estadual. “Por exemplo, agora que estamos seguindo a orientação de vacinar 84 a 86 anos com a Astrazeneca, ficou a precaução e indicação de não vacinar os idosos acima de 87 anos com essa vacina. Por isso, precisamos aguardar a reposição da CoronaVac, do Instituto Butantan. Todo o escalonamento de faixa etária está sendo feito aos poucos porque a gente depende da orientação e posicionamento do Governo do Estado para que o município execute suas estratégias”, explicou.

Os profissionais de agências funerárias também receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 nesta segunda-feira (1º/03). De acordo com a coordenadora Municipal de Imunização, Camila Alves, cerca de 80 agentes funerários receberão a vacina.  Conforme o planejamento de vacinação, os funcionários que trabalham em análise, remoção, manipulação, transporte de cadáver e sepultamento, estão expostos ao alto nível de contaminação e devem ser imunizados nesta primeira etapa.

Segundo o presidente da Associação das Funerárias de Vitória da Conquista, Alvisson Pacheco, a vacina chegou em um momento oportuno. “Estamos todos muito felizes pois não esperávamos que fosse chegar tão rápido. A associação está fazendo um trabalho de intermediação, junto à Secretaria de Saúde, para que os funcionários de todas as funerárias de Conquista sejam vacinados”, disse.

Fonte: PMVC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *