Prefeito de Itabuna libera a circulação de 50% da frota de ônibus

A partir da próxima segunda-feira (10/08), o transporte coletivo voltará a funcionar, mesmo sob o risco de contágio da covid-19 6 de agosto de 2020 Karina Costa

Em Itabuna, por meio do decreto n° 4.224, o prefeito Fernando Gomes autorizou o retorno do transporte coletivo na cidade. A partir da próxima segunda-feira (10/08), as empresas de ônibus Viação São Miguel e Sorriso poderão circular com 50% dos veículos de suas frotas ativos.⁣

O transporte municipal poderá funcionar de 8h às 17h30, desde que os motoristas, cobradores e passageiros respeitem as medidas sanitárias. O uso de máscaras faciais é obrigatório e as empresas estão proibidas de transportar passageiros em pé no interior dos veículos.⁣

Além disso, os ônibus precisam ser higienizados corretamente e com frequência. Assentos, pisos e janelas devem passar por uma limpeza ao final de cada viagem. As empresas que desrespeitarem as normas previstas no decreto poderão receber multa, ter os veículos apreendidos ou os contratos encerrados.⁣

Transporte coletivo e covid-19 ⁣

Uma pesquisa da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP (Universidade de São Paulo), divulgada em julho deste ano, mostrou que o número de casos da covid-19 cresceu em bairros paulistas onde houve uso mais frequente do transporte coletivo por pessoas que precisavam sair para trabalhar. ⁣

Entre maio e junho, o estudo analisou dados do DATASUS, dos GPS dos ônibus metropolitanos e da Secretaria Estadual de Transportes. A professora Raquel Rolnik, coordenadora do projeto, ressaltou a importância de adaptar o transporte coletivo para garantir a proteção dos cidadãos. ⁣

“Não falo apenas de equipamentos de proteção individual como máscaras. Seria importante também aumentar o espaço dos terminais e pontos de ônibus com tendas, demarcações e espaços provisórios para as pessoas poderem manter o distanciamento necessário”, disse Rolnik. ⁣

Fonte: Prefeitura de Itabuna/Jornal USP⁣

Foto de capa: Wilson Oliveira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *