11 prefeitos baianos se elegeram com a diferença de menos de 100 dos rivais

Menor diferença foi em Sebastião Laranjeiras, onde Dr. Pedro (PSB) ganhou por seis votos, com 2.868 votos, enquanto a oponente, a Dr. Luciana (PL), ficou com 2.862 18 de novembro de 2020 Júlia Andrade

Nas eleições de 2020, em onze cidades baianas com menos de 200 mil, quando não há segundo turno, os prefeitos conseguiram se eleger com uma diferença menor que 100 votos. Os futuros governantes de diferentes partidos participaram de uma disputa acirrada com os adversários.

Dos municípios, a menor diferença foi em Sebastião Laranjeiras, onde Dr. Pedro (PSB) ganhou por seis votos, com 2.868 votos, enquanto a oponente, a Dr. Luciana (PL), ficou com 2.862.  Barro Alto foi a cidade que apresentou a maior diferença, com 88 votos a mais, Orlando Amorim (PL) por 4.446 votos venceu a disputa pelo cargo contra Dadê (PSB) que recebeu 4.358 votos.

Com uma diferença de 82 votos o candidato Aloisio Miguel Rebonato (DEM) em Macaúbas, venceu a disputa com 11.414 votos, o adversário, Amelio Costa Junior (PT), recebeu 11.332 votos. Com uma disparidade maior também, em Itiúba, Zé do Rádio (PP) foi eleito com 10.263 votos e Dra. Cecília (PC do B), ficou com 10.184 votos. Já em Várzea do Poço, o candidato Carneiro do PC do B,  levou a disputa com a diferença de 48 votos contra Simone (DEM).

Em Santa Terezinha, o candidato Agnaldo Andrade foi eleito pela diferença de 23 votos contra Zé de Zila (PP), o primeiro recebeu 3.432, enquanto Zila 3.409 votos. Por três votos a mais, Toin do Bó (PP) foi eleito em Presidente Tancredo Neves com 6.801 e seu adversário Quinha (Republicanos) ficou com 6.775.

Já em Jaguaquara, a nova prefeita, Edione (PP) foi eleita com 11.685 votos enquanto o adversário Raimundo do Caldo (PSD) ficou atrás com 11.627. Em Mirangaba, Dirceu Ribeiro (PSD) levou a melhor e garantiu 53 votos a mais que Adilson do Banco (PDT). Por fim, em Santa Cruz da Vitória, o novo gestor Professor Maurício (PSDB) venceu contra Jackson Bonfim (PT) por 51 votos a mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *